A casa do povo


                                                                                  camaradematureia@gmail.com

 

 


 

Câmara promove palestra sobre Empoderamento Feminino

 15/03/2020

 

Neste mês da mulher a Câmara Municipal de Maturéia realizou uma atividade voltada à comunidade, desta vez, para o público feminino em alusão ao Dia internacional da mulher, celebrado no último dia 08 de março.

Na quinta-feira (12) a Casa Legislativa Davi Jerônimo promoveu uma palestra no Clube de Mães Nossa Senhora da Luz, em Maturéia, abordando assuntos sobre o tema “Empoderamento Feminino”, com o Assistente Social Samuel Lopes.

O evento contou com a presença de mulheres que fazem parte do Clube de Mães e de demais moradoras do bairro Sambão, local onde foi realizada a palestra.

Samuel Lopes apresentou dados sobre o índice de mulher no mercado de trabalho, o acesso da mulher à educação, a violência contra o gênero feminino e políticas públicas para a igualdade de gênero, como Lei Maria da Penha, Política Nacional da Atenção Integral à Saúde da Mulher, Diretrizes Curriculares Nacionais, dentre outras.

O objetivo da palestra foi mostrar a força que as mulheres possuem na sociedade, apesar da desigualdades de gêneros e preconceito com a figura da mulher na sociedade, a mulher ocupa espaços cada vez mais importantes no meio social e conquista direitos antes não adquiridos.

O Empoderamento Feminino é uma ação que potencializa a conscientização das mulheres sobre os direitos sociais e civis que possuem, na busca por oportunidades iguais aos homens, alcance de autonomia e maior participação nos espaços e funções sociais.

A palestra contou com a presença do Presidente da Câmara, José da Silva (Minininho), vereador Ednaldo Amorim, Agentes Comunitárias de Saúde e a representante da Assistência Social de Maturéia, Jiulian Lopes. 

 

Câmara discute sistema de segurança em praça pública de Maturéia

 07/03/2020

Os vereadores da Câmara Municipal de Maturéia realizaram mais uma sessão itinerante, desta vez, na comunidade Tauá. A Câmara discutiu a implantação de um sistema de segurança na praça pública de Maturéia, através do monitoramento com câmeras e, ainda, decreto que outorga título de cidadã matureense.

A sessão aconteceu no espaço da Igreja da comunidade, contando com a participação de moradores do sítio, que puderem acompanhar de perto os trabalhos legislativos.

O requerimento para implantar o sistema de segurança na praça José Alves da Costa, localizada no centro de Maturéia, foi apresentado pelo vereador Emanuel de Geová, ganhando aprovação pela Casa.

“O sistema de câmeras irá ajudar a conservar e manter a praça em bom estado, porque irá intimidar pessoas que vão com o pensamento de cometer atos de vandalismo. O intuito desse requerimento é justamente isso, para facilitar e ajudar a conservar nossa praça”, disse o vereador Emanuel.

Também foi votado e aprovado o decreto legislativo apresentado pelo Presidente da Casa, José da Silva (Minininho), que outorga o título de cidadã matureense à Amanda Katarina Sousa da Silva, em reconhecimento ao serviço prestado ao município de Maturéia como motorista da saúde municipal.

Amanda é natural da cidade Itapetim - PE e adotou Maturéia como seu local de trabalho, se destacando pela dedicação no transporte de pacientes de Maturéia que passam por tratamento em cidades mais distantes do município, a exemplo das capitais João Pessoa e Recife.

Vereadores discutem construção de praça e passagem de molhada em comunidade rural

 

21/02/2020

 

Os vereadores da Câmara Municipal de Maturéia discutiram na sessão desta quinta-feira (20) requerimentos para a construção de uma praça e uma passagem molhada na comunidade rural São João, uma das maiores na zona rural de Maturéia.

O requerimento para construção de uma praça no pátio da Escola Emanuel Machado da Costa, no sítio São João, foi apresentado pelo Presidente da Câmara José da Silva (Minininho) que tem o propósito de levar mais conforto e bem estar aos populares do sítio, de modo que o calçamento da praça seja estendido até a Unidade Básica de Saúde da comunidade. O requerimento ganhou aprovação.

O segundo requerimento foi apresentado pelo vereador Emanuel Machado, que dispõem sobre a construção de uma passagem molhada na comunidade São João, em uma localidade que dá acesso à pista. De acordo com Emanuel, em época de chuvas alunos e moradores sofrem para se locomovem. O requerimento também foi aprovado pelos vereadores.

A sessão itinerante foi realizada na Associação dos Pequenos Produtores rurais do sítio Santa Tereza, com a presença de populares da comunidade que fizeram reivindicações aos parlamentares e expuseram problemas existentes na localidade.

De acordo com o Minininho, o objetivo do projeto “vem pra câmara” tornando as sessões itinerantes é levar a Casa legislativa para mais perto dos populares, ouvir a voz dos bairros e comunidades rurais de Maturéia. Além disso, umas das finalidades das sessões itinerantes é possibilitar que a população conheça de perto o trabalho realizado pelo poder legislativo municipal.

Primeira sessão ordinária de 2020

 15/02/2020

 

A Câmara Municipal de Maturéia deu início na última quinta-feira (13) aos trabalhos legislativos deste ano de 2020. A Casa legislativa realizou a primeira sessão ordinária e itinerante do ano, com a abertura do projeto “Vem pra Câmara”

A sessão foi realizada na Igreja Ação Evangélica, e contou com a presença dos representantes do poder executivo municipal e da sociedade civil de Maturéia.  Na sessão foram apresentados e votados projetos de lei e requerimento de autoria do poder legislativo e do poder executivo municipal.

Os vereadores votaram a favor do projeto de lei que dispõem sobre a fixação do salário mínimo nacional na administração municipal e o projeto de lei que cria a gratificação de incentivo ao desempenho (GIB) para os servidores municipais em exercício na farmácia básica da Secretaria Municipal de Saúde, ambos projetos de autoria do poder executivo municipal.

Também ganharam voto favorável os projetos sobre a lei municipal de saneamento básico, que autoriza o poder executivo municipal a celebrar convênio de cooperação com o Estado da Paraíba para estabelecer uma colaboração na organização, regulamentação, fiscalização e prestação dos serviços públicos de abastecimento de água e de esgotamento sanitário, e o projeto de lei que dispõem sobre a atualização do piso nacional de salário dos agentes de vigilância ambiental  e agente comunitário de saúde da Prefeitura de Maturéia.

O poder legislativo municipal também apresentou o projeto de lei que diz respeito à denominação de estrada municipal que dá acesso ao Pico do Jabre e que liga Maturéia ao município de Mãe d’água, de Maurílio Dantas Wanderley, em homenagem ao empreendedor que contribuiu para o desenvolvimento de Maturéia conhecido popularmente como Zumba,  de autoria do Presidente da Casa José da Silva (Minininho). E requerimento, também de autoria de Minininho, para atribuição de voto de aplauso ao Tenente Comandante da Terceira Companhia de Polícia Ambiental, Damião Gomes Alvino. O projeto e o requerimento ganharam aprovação pela Casa.

O projeto de lei que dispõem sobre a denominação da praça pública localizada na lateral esquerda do cemitério municipal de Arlindo Dantas Monteiro, também foi aprovado pela Câmara. O projeto foi de autoria do vereador Leandro Laia.  

 

 

 

Câmara de Maturéia passa a realizar sessões itinerantes

 

A Câmara Municipal de Maturéia está com o projeto “Vem pra Câmara”, tornando as sessões itinerantes, durante o tempo de organização do novo espaço da Câmara, viabilizado por meio de uma parceria com o poder executivo municipal.

As atividades da Câmara Municipal de Vereadores serão transferidas para um novo espaço em razão da reforma da praça pública municipal José Alves da Costa. O prédio da Câmara Municipal pertencia à Prefeitura Municipal de Maturéia, com o projeto de reforma de reestruturação da praça pública o espaço será englobado ao projeto da nova estrutura da praça.

Diante disso, as atividades da Câmara Municipal serão realocadas. A Prefeitura Municipal irá disponibilizar um novo local para as instalações do poder legislativo. 

Durante esse tempo de organização, as sessões da Câmara serão realizadas de forma itinerante, em locais diferentes do município para aproximar vereadores e população, com o objetivo de buscar maior envolvimento da sociedade civil com os trabalhos do poder legislativo de Maturéia.